terça-feira, 8 de setembro de 2009

CULTIVAR A MODA DAS FÉRIAS EM FAMÍLIA

Evangelho para o próximo Domingo, dia 13SET09

“Se alguém me quiser seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; mas quem perder a sua vida por causa de mim e do Evangelho, vai salvá-la”.



O Pôr-do-sol em Altura


A Lua a caminho de lua cheia ao entardecer em Altura

O amanhecer em Altura

O entardecer em Altura

A Lua a caminho de lua cheia e o reflexo no mar em Altura


O começo da noite em Altura

A Lua cheia com reflexo no mar em Altura

Lua Cheia em Altura ao amanhecer

Lua Cheia que nos acompanhou na viagem de regresso a Lisboa

Mais um dia apetecível de belo mar e praia

Começo da noite em Altura
O entardecer em Altura

Rua da Alagoa ao entardecer em Altura

Rua da Alagoa ao entardecer em Altura

Esta rua estava cheia destas vivendas... mas o TER falou mais alto.
Restam duas destes exemplares

Rua da Alagoa e Rotunda

A serra ao longe

Amanhecer em Altura

Charrette de passeio nocturno em Altura



Pequeno Parque de diversões em Altura

Avª. 24 de Junho em Altura

Rua da Alagoa em Altura

O meu companheiro
é o meu Tempo
é Passado enevoado
é vento
é firmamento
é Presente feliz e contente
e até DEUS querer
o será Futuramente


Mar piscina, muito tranquilo, quer para as crianças quer para os idosos
em Altura

Pai e filho

Mãe e filha


2009 - SENHOR, obrigada por esta família, o que resta dela, ainda estar em férias unida e com muito AMOR.


As aguarelas pintadas pela nossa mãe

A chegada à Ponte Vasco da Gama

Ponte Vasco da Gama e fim de pilhas na máquina

Querer impor regras idênticas para todos, em nome da moral, não é razoável, porque a disciplina que pode conduzir uns para o equilíbrio, para a força e para a verdadeira espiritualidade, pode, pelo contrário, levar outros à histeria, à neurose, à doença. A natureza das necessidades dos humanos não é igual para todos, e quem não levar em conta esta realidade arriscar-se-á a pregar no deserto ou a infligir neles tormentos inúteis.
É claro que se devem fazer esforços. Sim, cada um, ao seu nível, deve esforçar-se por se dominar, por viver em amor duma maneira mais bela, mais nobre, mais espiritual, porque essa é a única regra moral verdadeira.
O verdadeiro amor deve melhorar, em tudo, o ser que amais; deve elevá-lo, reforçá-lo, iluminá-lo. Só quando virdes que um ser se desenvolve graças ao vosso amor podereis considerar-vos felizes e agradecer ao Céu por terdes conseguido ajudá-lo e protegê-lo. (in Respostas a algumas questões actuais, de Omraam)
Há quem pense e afirme que o conceito de família se reduz e resume a laços de sangue... Mas, o que menos importa é isso mesmo! Por outro lado, também há quem pense e afirme que, num grupo familiar é importante que todos os seus membros devam ter e seguir os mesmos valores e até seguir os mesmos caminhos.
Não, não é assim... Ninguém objecta que é possível haver afinidade entre os membros, mas, o mais importante é que ninguém é igual a ninguém dentro da mesma família. Somos todos diferentes. É preciso, acima de tudo, aceitar as diferenças entre todos. Aqui reside o cerne da questão, pois quando estamos de férias, em família, o importante é aceitarmos as diferenças, pois cada um gosta de pensar, para si próprio, que está em férias, pouco se importando, às vezes, se magoa ou se sobrecarrega o outro ou outros com o seu egoísmo. Aqui reside o verdadeiro conceito de estar de férias em família. É ser diferente.

Ter as suas próprias férias, pois pensa-se para si mesmo que está de férias, mas partilhando essas mesmas férias, fazendo, pois, a diferença. E aceitar as diferenças significa ter compreensão, abertura e diálogo. Quando não aceitamos algo, é comum que queiramos impor um modelo. Nada pior. Mas, o impressionante é como as pessoas não aceitam as diferenças. Nós fechamos tanto as nossas vidas nos nossos próprios valores e verdades, que é-nos difícil tolerarmos uma ideia oposta à nossa. Precisamos de pensar para nós próprios: «Não sou juiz: sou um amigo, um companheiro». Estamos de férias, estamos juntos e somos uma família. O importante é ter paz e equilíbrio.
Agir assim favorece o diálogo e a paz.
Faz falta cultivar a “Moda” de se fazer férias em família. Seguir o Evangelho não é somente ir à Missa e até comungar… é sim praticar as palavras do Evangelho para o próximo Domingo.

«Para nós umas Boas Férias é estarmos juntos e em Paz, com Saúde, sempre na companhia de Deus nosso Pai e sermos como uma Sagrada Família.É isso que, para nós, são umas boas Férias, é irmos e virmos bem... sempre bem acompanhados».

19 comentários:

  1. Olá Mer!

    Lindas as tuas fotos fico fascinada com o pôr e o nascer do sol.

    Em relação ao teu texto não podia estar mais de acordo com ela, estar em família e com saúde é o que de melhor há na vida.

    Mesmo que que as veses tenhamos ideias diferentes, outras formas de pensar, o amor é como um laço que não deixamos desapertar.

    Bjinhosss

    Céci

    ResponderEliminar
  2. OLA MER, EXCELENTES FOTOS, LINDO TEXTO, ESTOU DE ACORDO CONTIGO, A FAMLIA E SAUDE E O MELHOR QUE PODEMOS TER NA VIDA...
    UMA SEMANA CHEIA DE MUITO AMOR E PAZ...
    BEIJOS

    SUSY

    ResponderEliminar
  3. Sim...Uma vida branca como está escrito no livro grosso e santo! Familia com paz é o meu cais. Belo texto! Abraço

    ResponderEliminar
  4. E depressa se passaram as férias.

    è como dizes no teu belo texto, muito nos dá que pensar, e tudo o que dizes deve ser também durante todos os outros dias, como dizes somos diferentes, temos objectivos diferentes, sentires diferentes, quando queremos agradar a todos é impossível então ninguém encontra felicidade nem paz de espírito, acima de tudo tem de existir respeito e amor assim surge o entendimento.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Demorei, mas não deixai de vir aqui deixar meu abraço. Tive uma semana cheia , e muitas vezes fica difícil até ler meus e-mails , mas não esqueci os amigos!
    Gostei muito da postagem, é difícil saber o que nosso " irmão maior " quiz realmente dizer com estas palavras " quem quizer me seguir renuncie a si mesmo " ? ? ? , e ainda estas : " não vim neste mundo para pregar a união, mas o conflito entre pai e filho, entre filha e mãe, entre marido e esposa " ? ? ? , talvez elas queiram dizer que quando escolhemos nossos caminhos, nossas aptidões nem sempre conseguimos agradar a todos !! , mas seja lá qual for o significado " REAL " das palavras do Mestre, penso que o mais importante é estarmos bem com nós mesmos e com os que nos cercam,
    grande abraço,
    abraço de seu amigo de alérm mar,
    abraço netuniano

    ResponderEliminar
  6. fui operada à mão direita.
    correu bem.

    quando puder escrever volto beijinhos saudades

    ResponderEliminar
  7. Querida Mer,
    Que bênção este seu "post"!
    Grata por estas maravilhosas fotos! E que saudades de tempos que passámos em família aí bem pertinho na Manta Rota! Fomos dezassete anos seguidos para esse maravilhoso local! Altura evoluiu muito!
    O importante é o tema de que fala e que dá título à sua reflexão!
    Sim, sempre que pudermos passemos férias em família, porque é um tempo óptimo para reencontros, para descontracção e para reforçar laços!
    A sua reflexão é brilhante em todos os aspectos que foca.
    Bem-haja por esta partilha tão marcante que muito me emocionou.
    Deixo-lhe um grande beijinho com votos de uma óptima noite.

    ResponderEliminar
  8. Querida Mer

    Adorei as tuas fotografias.
    Transparecem ternura familiar e Serenidade.

    Quanto ao perder o sentido da família, estou totalmente de acordo contigo.A Família deveria ser o pilar e sustentáculo de todo o Ser Humano, desde o bebé ao velhinho...mas a sociedade hoje, não se compadece com valores que se vão perdendo à medida que as gerações vão passando. Assim se perdem os Valores que tanta falta fazem na nossa Educação.

    Nas nossas férias estiveram reúnidas 4 gerações, mais 3 cadelas, um cágado, um cão semi adoptado, um gato na mesma situação e um burro que ficou ao nosso cuidado. Às vezes parecia uma casa de doidos, mas já tenho saudades dessa doideira!
    Como vês, melhor exemplo não posso dar!

    A 5ª geração de certo esteve no Céu a pedir a Jesus a Sua benção para todos nós!

    Beijinhos carinhosos cheio de Pó de Estrela

    ResponderEliminar
  9. Oi, querida Mer
    Gostoso esse assunto sobre as férias e com a familia , que é o mais importante! na maioria das vezes queremos férias longe... rsrs E esse é o momento certo pra aceitarmos as diferenças ! bem voce colocou .Adoro vir aqui e beber a sua fonte! origada,Mer.
    Amei as fotos familiares.Bonitas e significativas.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. Amiga Mer,
    Venho agradecer-lhe do fundo do meu coração o seu tão amável convite e nem sei como expressar-lhe o meu enorme reconhecimento pela vossa generosidade.
    Este ano lamentamos não poder aceitar por motivos de horário de trabalho, mas quem sabe se numa outra ocasião, já com maior disponibilidade e se Deus assim o permitir não aconteça uma visita a esse maravilhoso lugar.
    Espero que não fique triste comigo; é como se aceitasse.
    Quem sabe se um dia não irei conhecer o jardim de S. Domingos...
    Receba o meu beijinho de gratidão.
    Uma noite bem descansada.

    ResponderEliminar
  11. Olá querida Mer!
    Ainda vou ter uma semaninha de férias em família, que irão começar no dia 15 e até ao dia 22 do corrente mês de Setembro, se tudo correr bem. Vai ser em Albufeira, vou mesmo estar ausente da internet, pelo menos quero desfrutar do salutar convívio com os meus pequenitos e com os crescidos como é evidente. Felizmente entendemo-nos bem embora hajam grandes diferenças na nossa maneira de pensar, mas havendo respeito e amor tudo se ultrapassa.
    Acho o teu texto fantástico e pertinente e as fotos lindíssimas, onde a Lua e o Sol as embelezam.
    Um grande beijinho, repleto de carinho,
    Ana Paula

    ResponderEliminar
  12. Férias, horários livres, é o que há de bom.
    As fotos estão convidativas, realmente!

    ResponderEliminar
  13. Lindas fotos e tiradas com muito amor! O texto é fantástico e tenho a certeza que as férias foram maravilhosas e que muitas mais virão !
    Beijos amigos de Zé Al

    ResponderEliminar
  14. *
    belas fotos, amiga,
    ,
    Cristo-Homem,
    cada vez mais Crucificado . . .
    e não só pelos "fariseus" . . .
    ,
    Paz em conchinhas, dou-te,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  15. Um belo sortido de imagens!

    Eu diria mais...

    "um sortido rico"

    como as bolachas...

    Desejo-lhe bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  16. Belas fotos e belo texto.


    "Que seja eterna a vitória dos seus dias,
    mesmo quando eles lhe derem
    a impressão de fracasso.
    E nunca se esqueça que atrás das nuvens
    sempre existirá sol."

    (desconheço o autor)

    Hoje passando para desejar um lindo final de semana com muito amor e carinho
    Abraços do amigo Eduardo Poisl

    ResponderEliminar
  17. OLA MER, VIM DESEJAR-LHE UM OPTIMO FIM DE SEMANA...FICA COM DEUS,
    BEIJOS DE AMIZADE!!!


    SUSY

    ResponderEliminar
  18. CONVITE:
    Estive 5 dias isolada do mundo, num encontro espiritual comigo mesma, num monte alentejano e, por isso tenho que muito rapidamente divulgar a minha próxima exposição de fotografia.

    Desta vez será no “Norte” a pedido de várias pessoas, em Fevereiro passado, quando foi a minha 1ª exposição individual aqui próximo de Lisboa, na margem sul.
    Como gosto de desafios, houve “alguém” que me desafiou e disse que colaborava, nem pensei 2 vezes e decidi tratar do assunto em Abril passado.

    Chegou Setembro e será a minha rentrée cultural.
    Fica o convite para quem vive perto e noutros casos, em que a distância impossibilita a presença de tantos bloggers, fica a participação do evento.

    Venho reforçar que teria todo o gosto em que estivesses presente na minha rentrée.
    Será muito próximo do Porto, em S. Mamede de Infesta.

    Acabei de fazer a divulgação no meu blog.

    Abraços, TULIPA

    ResponderEliminar
  19. Mer

    feliz por te ver ...Aqui ... pois sei que é dificil...


    o relógio é uma arma para nos ajudar a controlar o tempo e a vida...


    vou melhorando devagar...


    um beijo

    ResponderEliminar