terça-feira, 3 de novembro de 2009

MARIZA - Terra

Um serão em cheio com a excelente voz de Mariza a condizer com este Luar...

Tecto do Coliseu dos Recreios

Se me pedissem para definir esta artista, diria que além da excelente voz que todos apreciam e conhecem, quer gostem de fado ou não, o que mais me impressionou foi a sua humildade, transparência, simpatia e emotividade.



Visualmente falando, é um ser que se apresenta em palco rica em atributos acima mencionados e mais ainda… duma perfeição quer a nível visual, quer a nível do aspecto físico, primando por ser muito discreta e duma beleza que se pode dizer estilizada.

Uma artista, uma voz, que vale por três...

Com a sua singeleza,
“agarra” o público levando-o a participar
transportando a plateia, se assim se pode dizer, para dentro do palco.
Aí se dá a comunhão entre o público, a artista e os seus músicos,
que, aliás, diga-se são
profissionais de excelente qualidade.

Veja-se as fotos possíveis … pois não era permitido tirá-las,
mas, mesmo assim, não resisti
e que Deus me perdoe.

video
Um leve cheirinho...

Diz-se, de um grande artista genial, que ele recebeu um dom.
E o que é um dom? é um Eu Superior
que se instalou num ser para o ajudar a trabalhar através dele.
É claro que os psicólogos nunca admitiram que os talentos, as capacidades,
são seres especiais de Deus que habitam nos humanos.
No entanto, a prova de que não são eles que fazem essas maravilhas,
mas Deus através deles, é que eles podem perder esse dom.
Já aconteceu com muitos perderem os seus dons por viverem uma vida desordenada.
Quereis atrair dons superiores que vos trarão satisfação alegrias e virtudes?
Introduzi em vós a luz, a harmonia, a paz.
São estas as condições para que esses dons venham manifestar-se.
Se um ser souber preparar uma morada digna para se desenvolverem certos dons,
com que alegria o Céu
penetra nele para o ajudar e ajudar os outros
através dele!

In Pensamentos Quotidianos de Omraam

12 comentários:

  1. Gostei de tudo e aprendi e fiquei a pensar e saiba que estarei a pensar mais.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  2. Com toda certeza dissestes verdades aqui.
    E são pontos para se refletir e ver que Deus nos dá, cabe a nós saber o que e como fazer com o que ele nos deu.
    Beijos na alma querida Mer...

    ResponderEliminar
  3. Olá querida Mer bom diaaaaaaaaa!!!
    Deves pensar esta "chanfra" não dorme, mas não é verdade, deitei-me cedito porque também lá para as 8 vou apanhar o "kimboio" para ir até ao Norte tomar conta dos príncipes porque os pais vão a um funeral de uma senhora que já era mãe três vezes:-) e é avó de amigos nossos.
    Adorei o que escreveste, primeiro porque assino por baixo em tudo o que escreveste, depois porque gosto muito da Mariza. Já tive o privilégio de assistir "ao vivo e a cores" a um espectáculo dela aqui em Aveiro, onde quem assistiu não queria que terminasse.:-)
    Ela é uma pessoa fantástica, tanto como pessoa como profissionalmente, fez-me chorar, rir... não consigo explicar-te mas por mim ela também não arredava pé dali.:-)
    As fotos estão cheias de magia, lindíssimas, até a tua lua cheia está muito brilhante.
    Acho que a Mariza vai ser sempre uma estrela que não deixará de brilhar.
    Ela foi uma das "sorteadas" neste talento e que o sabe executar na perfeição, mas tu e eu e outros também temos os nossos "talentos" e que os executamos da melhor maneira, não é querida Mer?:-)Quando ainda trabalhava, adorava o que fazia e sinto-me feliz quando ainda hoje me telefonam e dizem que tinham saudades da minha forma de trabalhar e que me queriam lá para os "atender".:) É muito bom sentir que fizemos bem o que Deus nos proporcionou.:-)
    Esta tua mensagem foi uma "lufa" de ar fresco que estava hoje a precisar,com o teu "talento" que senti aqui.
    Bigada miguinha Mer por este maravilhoso momento.
    Adoro-te!
    Sente um abraço bem apertadinho e um grande sorriso:-)))))
    Ana Paula

    ResponderEliminar
  4. concordo, mer, é excelente a mariza! temos algumas vozes mais que bonitas no nosso fado, que merecem todas as homenagens e aplausos possíveis e levam portugal pelo mundo fora...
    mexem com o nosso eu e levanos a cantar em oníssono
    talvez logo passe pelo coto/ benedita, no regresso, pois tenho que parar em caldas
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Gosto de fado,Mer apesar de ouvir pouco.Esse leve cheirinho que deixou aqui já mostra os lindos acordes dessa cantora.
    Bem disse a Ana, todos temos talentos, desemvolvemos em casa, no trabalho e na nossa vida diária. Deus presenteia a todos, e tem alguns que brilham mais.
    Abraços amigos

    ResponderEliminar
  6. Eu gosto muito de fado, e temos fadistas muito bons, pena que alguns como mesmo o caso da Marisa tenha mais força no estrangeiro do que na propria casa, cada um de nós tem algo especial e devemos de utilizar e dar a conhecer pois é uma forma de algo aos outros de positivo, e como dizes é uma parte Divina que habita em nós.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  7. MER
    Obrigada pelo carinho
    Senti atua força.
    Deus esteve aqui e correu tudo bem ... Começamos a sorrir novamente ...
    Obrigada minha querida

    REFÚGIO


    O meu refúgio
    É algo meu...
    É o meu recanto
    É para me esconder...
    E para o viver...
    E é meu...

    Não o quero partilher...
    Porque o meu refúgio...
    É onde me escondo...
    Onde sonho...
    Onde me tento encontrar...

    Onde sou feliz...
    E... é o meu lugar
    Que é algo meu...
    E que não partilharei...
    Porque é só meu...
    Porque é lá que sonho
    Que sofro, rio e choro...
    Mas que não partilho com ninguém...
    Porque... é só meu!...

    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  8. * * *
    Prezada Mer e Família

    Desejo-lhes as maiores felicidades, se não tanto neste mundo, sobretudo na Eternidade, no Paraíso propriamente dito, ou seja, na posse total e definitiva de Deus, que é imensa e absolutamente o mais importante.
    Nunca desanimem pois, e muito menos desesperem, haja o que houver.
    Quanto mais confiarem em Deus Nosso Senhor, tanto melhor.

    Lamento deveras os seus gravosos problemas familiares, e compreendo-os suficientemente (julgo eu), pois também tenho-os -- talvez ainda piores, a avaliar pelo pouco (mas suficiente) que a Mer me tem contado.

    Mesmo assim, dê/dêem graças a Deus, porque, como saberá/ão, a situação - vossa e da vossa família -, apesar de ser já bastante má, poderia ser ainda pior, como a de tantos/as outros/as; desculpem-me dizer isto.

    Com efeito e infelizmente, há imensas famílias, mesmo só em Portugal, em situação geral muito mais ruinosa, sobremaneira mais dolorosa, como saberão ou calcularão.

    Em conclusão, os vossos probelmas - assim como também os meus e talvez ainda mais -, numa escala de um a dez, talvez ocupem 'apenas' (desculpe-me o 'apenas', porque 1 a 2 já seria mau) o grau 3 ou 4 (no máximo), em cerca de 10% dos portugueses; enquanto, tragicamente, há-os, em grande quantidade, de escalas negativas e nocivas muito superiores, como seja, a grosso modo:
    - de 5 a 7: cerca de 5% da população portuguesa;
    - de 9 a 10: cerca de 2% da mesma população nacional...

    Isto, por uma estimativa bastante aproximada, segundo os elementos de conhecimento geral que possuo, o que acredito andar muito próximo da realidade, ou do 'país real', como agora se diz.
    Em contra-ponto com os excessivamente ricos, avarentos e ultra-corruptos...

    Sendo assim, veja como ainda estamos atrasados, em relação à maioria dos europeus, quase na cauda da Europa, ou quase no terceiro mundo...
    Todavia, nunca nos esqueçamos que o mais importante é, sem sombra de dúvida, a riqueza e a saúde espiritual, mormente para nós Cristãos; isto é, deveria ser, inequívoca, inteira e claramente, sem quaisquer reservas...

    Contudo, o que vemos por aí, lamentável e escandalosamente?

    - Vemos 'cristãos' (pelo Baptismo) que vivem como ateus ou pagãos;
    - Vemos 'cristãos' que são a favor do "abominável crime do aborto";
    - Vemos 'cristãos' e famílias 'cristãs' que passam o tempo a casar e a descasar, praticando o divórcio, assim como tantos casais infiéis, em franco e descarado adultério;

    - Vemos 'cristãos' que são a favor do casamento de homossexuais e da adopção de crianças por tais grupos anti-heterossexuais;
    - Vemos 'cristãos' que se dizem liberais e relativistas, imaginando e vivendo uma 'religião' e um 'deus' à sua própria imagem e semelhança, em vez de ser o contrário;
    - Vemos 'cristãos' e 'católicos' que se dizem "não-praticantes", como se isso fosse possível e honroso;

    - Vemos tantos 'católicos' que já não acreditam na maioria dos dogmas católicos (sendo estes cerca de quarenta e cinco), como, por exemplo: no dogma do Inferno e do Diabo; na Presença real e consubstancial de Jesus Cristo na Sagrada Eucaristia; na Infalibilidade do Papa 'in cathedra'; nalguns dos quatro dogmas de Nossa Senhora; etc/etc;

    - Vemos já tantos padres e religiosos - e até mesmo alguns bispos! - que mais parecem simples leigos, não só pelo que vestem, ou deixam de vestir, mas também e sobretudo pelas suas estranhas palavras, atitudes a obras, geralmente muito levianas, rebeldes e modernistas;
    - Etc/etc...

    E fico-me por aqui, caríssima Mer, se não ainda cai-me o mundo em cima, como infelizmente por vezes acontece...

    + DEUS ACIMA DE TUDO, AGORA E SEMPRE !
    + TUDO PARA A MAIOR GLÓRIA DE DEUS E SALVAÇÃO DAS ALMAS !

    Cordiais saudações cristãs, segundo a Sagrada Família de Nazaré, para si e para os seus, com as maiores bênçãos de Deus.
    J. Mariano
    --

    ResponderEliminar
  9. Bonito texto!!

    Te desejo uma semana linda com muito amor e carinho.
    Abraços com todo meu carinho

    ResponderEliminar
  10. Parabéns pela reportagem.A voz da Mariza realmente só por si é um espectáculo...
    Beijinhos

    ResponderEliminar