quinta-feira, 5 de agosto de 2010

nas madrugadas incessantes...




...
Longe é a idade da inocência
para quem já teve um cavalo esbelto correndo
numa montanha de luz.
Sabemos isso mesmo e aí mesmo
na velocidade da espera
a lentidão do sono da cidade
e o nosso anseio é vaguear pelas veredas
dum dia sempre novo
comerciar ilusões pelos corredores do sol.
Tudo para nós é sempre
um fio de luz que acende as noites da ternura
nas madrugadas incessantes
que sempre pelas noites perseguimos

em forma de espiral hiperbólica ...
Vieira Calado
in Viagem através da Luz

SAGRADA FAMÍLIA
Jesus, Maria, José
«Feliz a Família que Ama o Senhor»
«Fiquem atentos, e rezem todo o tempo»
«O Meu alimento, é a Vontade de Deus Pai»
«Saboreai e vede como o Senhor é bom»

16 comentários:

  1. Linda postagem
    profundo poema
    :)
    Desejo-lhe uma linda Quinta
    Iluminada e feliz
    Beijos carinhosos

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha que escolheste este fantástico poema do grande Poeta Vieira Calado. Adorei!!!!
    Gostei muito das imagens que escolheste para o ilustrar.
    Também te levantas bem cedinho querida amiga, hoje também "madruguei" aliás nem sei as horas que dormi, mas não foram muitas, porque já estou acordada há muito tempo. Logo deito-me mais cedito é na maneira que não fico a ver televisão até tarde.
    Desejo-te um dia muito feliz!!!!
    Um grande beijinho repleto de carinho,
    Ana Paula

    ResponderEliminar
  3. que lindo o poema do nosso amigo v. calado!
    fizeste bem em deixá-lo aqui...
    madrugar é bom, muito bom! e respirar a maresia cheia de gaivotas que ainda habitam o areal antes da chegado dos veraneantes...
    beijinhos a todos

    ResponderEliminar
  4. Vieira Calado e as suas mensagens oportunas e breves como breves são os nossos dias de inocência.

    ResponderEliminar
  5. Também aprecio Calado e acho as fotos muito boas.

    Um abraço amigo para vós.

    ResponderEliminar
  6. *
    Mer
    como as tuas fotos
    madrugo nas palavras de Vieira Calado,
    acordando na tua bela escolha !
    ,
    marés serenas, ficam,
    ,
    *

    ResponderEliminar
  7. Um belo post amiga, obrigada pela partilha.

    Bom dia!

    beijooo.

    ResponderEliminar
  8. Olá Mer, lindo este poem que nos leva ao silêncio e à paz.
    Beijo em Cristo

    ResponderEliminar
  9. O Vieira, realmente, é um escritor talentoso, mas as suas escolhas, Mer, são sábias e precisas. Você consegue transformar esse cantinho num retiro cheio de paz e harmonia.
    Amo estar aqui com você!!!

    Beijos de passarinho verde!!!

    ResponderEliminar
  10. Oi querida Mer
    suas fotos noturnas ficam muito lindas , na minha maquininha nao consigo fotografar a noite, sai péssimas fotos e esqueço de levar na manutenção pra ver se alguem ajuda como acertar a mão rsrs enfim preciso urgente de outra máquina rs vou providenciar ( são tantas as prioridades que temos nao?), que sempre deixo pra depois. rs
    Lindo o poema do poeta Vieira Calado - "noites de ternura nas madrugadas incessantes" merece tudo de bonito pra enfeitar o que por si só já é um deleite.
    Obrigada pela partilha
    beijinhos e abraços da amiga

    ResponderEliminar
  11. Olá Mer; Duas simples palavras obrigada por este lindo poema de Vieira Calado Adorei.
    Um beijo
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  12. Que fotos lindas, a segunda do por do sol faz-nos lembrar que a mão de Deus está em tudo, e a escolha do poema de Vieira Calada é lindo também
    Bj

    ResponderEliminar
  13. O nosso caminho é feito pelos nossos próprios passos...
    Mas a beleza da caminhada depende dos que seguem conosco!

    (desconheço autoria).

    Fim de semana de luz, paz, amor, saúde.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  14. Olá amiga e Doce Mer,
    Que bom ter trazido este poema do amigo Poeta Vieira Calado.
    Aprecio imenso os seus poemas e gosto quando os comento de perguntar se a minha interpretação está correcta, porque são de uma enorme subtileza.
    As suas fotos estão lindíssimas!
    Que a Luz da ternura, da esperança, nos encha de alegria os nossos corações.
    Beijinhos para a Mer e um abraço para toda a sua preciosa Família.
    Bom fim de semana.
    Com a minha amizade,
    Ailime.

    ResponderEliminar
  15. Olá querida Mer. Lindo este poema de Vieira Calado, "noites de ternura nas madrugadas incessantes" as fotos ilustram muito bem o poema!
    Que nossos passos, sejam sempre iluminados pela luz do amor.

    Tem um bom fim de semana.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Oi Mer
    vim olhar seu céu e deixar um abraço com ótimo final de semana, que seja abençoado

    ResponderEliminar